9 plays

Miley Cyrus cantando a música ‘Just Wanna Have Fun' - Cindy Lauper

Grammy Isaac Newton *-*

bom esse é um blog que eu lorrane cristian, patrick e miguel do 3 ano fizemos p/ grammy isaac n. riacho fundo 1!.

o video não ficou muito bom e la essas coisas haha … é bom.. foi tudo muito dificil de fazer e tals .. tomara que agente consiga pelo menos uma notinha rs enfim .. ta ai um pouco sobre a Cindy espero que gostem !

xoxo:*


Albuns

Em 1986, Cyndi Lauper lançou seu segundo álbum, “True  Colors”. Um sucesso de vendas, o disco vendeu 12 milhões de cópias em  todo o mundo, sendo 3 milhões nos Estados Unidos e quase 1 milhão de  cópias no Japão. O Japão é um país que adora a Cyndi Lauper de paixão.  Os japoneses não gostam de americanos, na realidade, japoneses raramente  gostam de qualquer pessoa fora de seu país, inclusive descendentes,  porém Cyndi Lauper continua fazendo sucesso e é ainda muito convidada à  ir ao japão. A música título do álbum, “True Colors” atingiu o 1°  lugar em diversos países; no Brasil, o álbum chegou a vender mais de 250  mil cópias, rendendo a Cyndi seu segundo disco de platina no país.  Deste álbum foram lançados como singles as faixas “True Colors”, “Change  Of Heart”, “What’s Going On”, “Blue Boy” e “Maybe He’ll Know”.  Cyndi saiu em turnê com a “True Colors World Tour”, e em 1987 lançou o  vídeo “Cyndi Lauper in Paris”, com um “show” gravado na França.
Em 1988 Cyndi estreou no cinema com o filme “Vibes”,  por ela protagonizado, mas sem sucesso de crítica e publico. A música  “Hole in My Heart”, gravada no mesmo ano e lançada como single, faz  parte da trilha sonora do filme.
Em 1989 saiu o terceiro álbum de Cyndi Lauper, “A Night To Remember”. O primeiro single, “I Drove All Night”, logo tornou-se um sucesso. “My First Night Without You" e "Unconditional Love" foram os outros sucessos do disco. Os singles seguintes: "A Night To Remember" e "Heading West”  não emplacaram, e os números de vendagem do album foram elevados,  vendendo 9 milhões de cópias no mundo. . Mesmo assim o album não foi um  sucesso de crítica e Cyndi Lauper saiu em turnê mundial, e passou pelo  Brasil, onde se apresentou no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, e no  Maracanãzinho, no Rio de Janeiro. “A Night To Remember" vendeu 100 mil apenas no Brasil, faturando o disco de ouro.
Em 1990 Cyndi entra nas gravações de seu segundo  filme, “Fora de Controle”, no qual Cyndi Lauper foi bastante elogiada  por sua atuação, o filme não chegou a ser campeão de bilheteria, mas foi  bem executado nos cinemas, e muito locado nos Estados Unidos. As  gravações terminaram em 1991, sendo o filme registrado e exibido no  mesmo ano.
Em 1991 Cyndi se casa com David Thorthon, ator que  contracenou com ela em “Fora De Controle”, e Cyndi Lauper faz com que  sua avó seja a dama de honra do casamento. Um gesto de extremo bom  gosto.
Em 1992, ela lançou o single “The World is Stone”  somente na Europa, onde a música chegou a ser bastante tocada. Na França  atingiu o primeiro lugar. Devido ao sucesso na França, a música pegou o  #42 lugar nos Estados Unidos. O clipe é considerado um dos melhores da  carreira de Cyndi Lauper, e seu CD Single vendeu aproximadamente 200 mil  cópias, sendo a vendagem recorde nos singles dela.
Em 1993 Cyndi lançou seu quarto álbum, “Hat Full Of  Stars”, o álbum “preto e branco”. Essa obra mostra a todos uma Cyndi  Lauper até então desconhecida! Nada de cabelos coloridos e visual  espalhafatoso! Entrou em cena uma cantora mais introspectiva e séria.  Apesar de o álbum ter sido muito bem aceito pela crítica, elogiado, e  considerado o melhor trabalho de Cyndi Lauper, ele não se saiu bem nas  vendagens. Nele, Cyndi Lauper compôs todas as músicas, e assinou a  produção juntamente com o DJ Junior Vasquez. Apesar de tudo o álbum  vendeu 2 milhões de cópias no mundo e apenas 20 mil no Brasil. O CD  marca também uma virada: Cyndi começou a fazer muito sucesso no Japão,  onde até hoje é considerada a melhor cantora do mundo, sendo mais famosa  que muitos dos que tocam nos Estados Unidos.
Em 1994 foi lançada a coletânea de sucessos de sua  carreira: “Twelve Deadly Cyns…And Then Some”. Além dos singles, foram  incluídas as inéditas “Come on Home” e “Hey Now (Girls Just Wanna Have  Fun)”, esta última uma regravação de “Girls Just Want To Have Fun” que  marcou a volta de Cyndi Lauper ao seu estilo “Unusual”. Cyndi Lauper  apareceu no clipe do “Hey Now” com o cabelo amarelo e um chapéu  vermelho, ao lado de inúmeras ‘Drag Queens’). A coletânea vendeu bem, e  “Hey Now”, lançada como single, foi bastante executada nas rádios. A  música também foi tema do filme “Para Wong Foo, Obrigada por Tudo! Julie  Newmar”.
Em  1995 Cyndi participou de alguns episódios do seriado “Mad About You”, a  sua excelente atuação lhe rendeu um prêmio Emmy. O álbum que recolocou  Cyndi Lauper nas paradas de sucesso mundiais. Mais de 7 milhões de  cópias foram vendidas, e o disco se tornou o seu álbum mais vendido no  Brasil: 500 mil cópias (disco de platina duplo). Só na Inglaterra foram  600 mil cópias (2x platina), e outras 500 mil (2x platina duplo) no  Japão.
Em 1995 Cyndi é reconhecida e depois de duas  indicações ganha o Emmy de melhor atriz por sua participação no seriado  “Mad About You”, no Brasil chamado de “Louco Por Você”.
Passados dois anos, Cyndi Lauper lançou em dezembro  de 1996 seu quinto álbum, “Sisters Of Avalon”. Neste trabalho, Cyndi  flerta com novas influências e estilos musicais, passando pelo Rock,  Dance, Folk, Jazz e até World Music. Novamente as composições são todas  assinadas por Cyndi Lauper, e a produção também fica por conta de Cyndi  Lauper, Jan Pulsford e William Wittman. Mesmo sendo um trabalho  excelente e inovador, ele não emplacou, pois a vendagem foi baixa, e não  chegou a ter alguma música de sucesso. A única música a ser tocada, e  pouco, nas estações de rádio, foi “You Don’t Know”.
Suas brigas com a gravadora Sony Music foram  noticiadas e a Sony mau divulgou o album. A música foi um sucesso nos  clubes, em sua versão ‘remix’. Em 1997, Cyndi anunciou sua gravidez, e  mesmo estando grávida, saiu em turnê juntamente com Tina Turner. No  mesmo ano nasceu Declyn Wallace Lauper Thornthon, seu único filho.
Em 1998 Cyndi Lauper lançou o álbum natalino “Merry  Christmas… Have A Nice Life”, que traz, além de clássicos natalinos  como S”ilent night e Rockin’ around the chistmas tree”, também apresenta  músicas da autoria de Cyndi Lauper, tais como “December Child” e uma  canção de ninar feita para seu filho, Declyn. Este foi o último álbum de  Cyndi Lauper pela Epic Records, subsidiária da Sony Music, e após uma  intensa divergência entre artista e gravadora que se iniciou no começo  da década de 90, o contrato de Cyndi com a Sony Music chegava ao fim. No  ano seguinte, Cyndi Lauper participou do filme “Os Oportunistas”, onde  contracenou com o ator Christopher Walken. No mesmo ano, ela lançou o  single “Disco Inferno”, pela Jellybean Records, que fez parte da trilha  sonora do filme “Os Estragos de Sábado à Noite”, e lhe rendeu uma  indicação ao Grammy de 1998. A música conquistou o oitavo lugar na  parada dance da Billboard.
Em 2000, Cyndi Lauper compôs a música “I Want a Mom  That Will Last Forever” para a trilha sonora do filme “Os Anjinhos em  Paris”. No ano seguinte estava tudo pronto para o lançamento do novo  álbum de Cyndi Lauper, “Shine”, que sairia pela Edel Records, quando os  ataques terroristas de 11 de setembro fizeram com que o lançamento do  álbum fosse adiado, sem data prevista para um lançamento futuro.
Em 2002 após Shine ser cancelado, Cyndi  Lauper resolveu lançar um EP com quatro faixas extraídas do álbum  não-lançado: “Shine”, “It´s Hard To Be Me”, “Madonna Whore” e “Water’s Edge” e mais uma versão remix de “Shine”. O  EP foi lançado pela Oglio Records e pela Rella Music. Nesse mesmo ano  Cyndi Lauper saiu então em turnê juntamente com a cantora Cher e sua  “Farewell Tour”. As vendas mundiais do EP ultrapassaram as 400 mil  cópias, sendo 100 mil apenas nos Estados Unidos. “Shine” chegou a ficar  em primeiro lugar nos Estados Unidos e é hoje seu grande classico  recente. O EP foi suficiente para que ela voltasse a gravadora com  acordo milionario, depois de um disputa entre Sony e BMG.
No início do ano de 2003 foi lançado o single “Shine  Remixes”. No mesmo ano, Cyndi voltou para a “Sony Music”, e em novembro  lançou “At Last”, um álbum apenas de releituras de clássicos da música.  Estão nele “Don’t Let me Be Misunderstood”, “Walk on by”, “If you go  away” e até “La vie en rose”. O álbum foi super bem aceito, e estreou em  38° lugar na Billboard, posição, aliás, muito boa se levado em conta as  estréias dos últimos álbuns de Cyndi Lauper. A última melhor posição  foi de “A Night To Remember”, em 1989.
Pelos arranjos da música “Unchained Melody”, Cyndi  Lauper recebeu uma indicação ao Grammy. No fim do ano, Cyndi  Lauper iniciou nos EUA a “At Last Tour”, turnê que passou pela Europa,  Canadá, Japão e Austrália. “At Last” vendeu 1,5 milhão de cópias e  recebeu disco de ouro na Austrália e Japão.
Em 11 de março de 2004 foi gravado na clássica casa  de shows “Town Hall”, em Nova York, o DVD “Live… At Last”. Numa  apresentação impecável, Cyndi Lauper interpretou seus maiores sucessos e  músicas do álbum “At Last”. Ao lado de Patti LaBelle e Debbie Harry, a  cantora participou do “VH1 Divas Live”, em Las Vegas, evento promovido  anualmente pelo canal americano VH1;
Cyndi Lauper lançou em novembro de 2005 o álbum “The  Body Acoustic”. Um álbum de releituras, só que desta vez, acompanhado de  grandes nomes da música: dele participam “Sarah McLachlan”, “Ani  DiFranco”, “Shaggy” e “Adam Lazzara”, entre outros. Ela regravou em  versão acústica seus maiores sucessos, e as inéditas do álbum foram  “I’ll Be your River” e “Above the Clouds”. O álbum vendeu 600 mil  cópias.
Em  2006 Cyndi participou do espetáculo da Broadway “The Threepenny Opera”  (A Ópera dos Três Vinténs), ao lado de Alan Cumming, Jim Dale, Anna  Gasteyer e Nellie McKay. Ela interpretou a prostituta Jenny, papel que  lhe rendeu grande destaque e indicação ao “Tony Awards”.
Em 2007, sai em turnê pelos EUA com a “True Colors  Tour”, tendo como objetivo a arrecadação de fundos para a “The Human  Rights Campaign”, uma ONG que defende os direitos dos homossexuais. Ao  total são 15 shows e ela conta com colaboração de Erasure, Debbie Harry,  The Dresden Dolls, The Gossip and Misshapes, Margaret Cho & Rufus  Wainright. A parceria com o Erasure em 2007 rende ainda a gravação da  faixa dueto “Early Bird”, lançada no EP do duo inglês intitulado “Storm  Chaser”, lançado nos Estados Unidos pela gravadora Mute.
Em 2008, Cyndi Lauper lança seu novo album de  material inédito: “Bring Ya To The Brink”, em parceria com os melhores  produtores de dance music.
Ainda em 2008, Cyndi Lauper alcança o 1° lugar nas  paradas do Brasil, Estados Unidos e Espanha com “Into The Nightlife”,  “Same Ol’ History” nos Estados Unidos e “Set Your Heart” no Japão.

Albuns

Em 1986, Cyndi Lauper lançou seu segundo álbum, “True Colors”. Um sucesso de vendas, o disco vendeu 12 milhões de cópias em todo o mundo, sendo 3 milhões nos Estados Unidos e quase 1 milhão de cópias no Japão. O Japão é um país que adora a Cyndi Lauper de paixão. Os japoneses não gostam de americanos, na realidade, japoneses raramente gostam de qualquer pessoa fora de seu país, inclusive descendentes, porém Cyndi Lauper continua fazendo sucesso e é ainda muito convidada à ir ao japão. A música título do álbum, “True Colors” atingiu o 1° lugar em diversos países; no Brasil, o álbum chegou a vender mais de 250 mil cópias, rendendo a Cyndi seu segundo disco de platina no país. Deste álbum foram lançados como singles as faixas “True Colors”, “Change Of Heart”, “What’s Going On”, “Blue Boy” e “Maybe He’ll Know”. Cyndi saiu em turnê com a “True Colors World Tour”, e em 1987 lançou o vídeo “Cyndi Lauper in Paris”, com um “show” gravado na França.

Em 1988 Cyndi estreou no cinema com o filme “Vibes”, por ela protagonizado, mas sem sucesso de crítica e publico. A música “Hole in My Heart”, gravada no mesmo ano e lançada como single, faz parte da trilha sonora do filme.

Em 1989 saiu o terceiro álbum de Cyndi Lauper, “A Night To Remember”. O primeiro single, “I Drove All Night”, logo tornou-se um sucesso. “My First Night Cyndi Lauper - DivulgaçãoWithout You" e "Unconditional Love" foram os outros sucessos do disco. Os singles seguintes: "A Night To Remember" e "Heading West” não emplacaram, e os números de vendagem do album foram elevados, vendendo 9 milhões de cópias no mundo. . Mesmo assim o album não foi um sucesso de crítica e Cyndi Lauper saiu em turnê mundial, e passou pelo Brasil, onde se apresentou no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, e no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro. “A Night To Remember" vendeu 100 mil apenas no Brasil, faturando o disco de ouro.

Em 1990 Cyndi entra nas gravações de seu segundo filme, “Fora de Controle”, no qual Cyndi Lauper foi bastante elogiada por sua atuação, o filme não chegou a ser campeão de bilheteria, mas foi bem executado nos cinemas, e muito locado nos Estados Unidos. As gravações terminaram em 1991, sendo o filme registrado e exibido no mesmo ano.

Em 1991 Cyndi se casa com David Thorthon, ator que contracenou com ela em “Fora De Controle”, e Cyndi Lauper faz com que sua avó seja a dama de honra do casamento. Um gesto de extremo bom gosto.

Em 1992, ela lançou o single “The World is Stone” somente na Europa, onde a música chegou a ser bastante tocada. Na França atingiu o primeiro lugar. Devido ao sucesso na França, a música pegou o #42 lugar nos Estados Unidos. O clipe é considerado um dos melhores da carreira de Cyndi Lauper, e seu CD Single vendeu aproximadamente 200 mil cópias, sendo a vendagem recorde nos singles dela.

Em 1993 Cyndi lançou seu quarto álbum, “Hat Full Of Stars”, o álbum “preto e branco”. Essa obra mostra a todos uma Cyndi Lauper até então desconhecida! Nada de cabelos coloridos e visual espalhafatoso! Entrou em cena uma cantora mais introspectiva e séria. Apesar de o álbum ter sido muito bem aceito pela crítica, elogiado, e considerado o melhor trabalho de Cyndi Lauper, ele não se saiu bem nas vendagens. Nele, Cyndi Lauper compôs todas as músicas, e assinou a produção juntamente com o DJ Junior Vasquez. Apesar de tudo o álbum vendeu 2 milhões de cópias no mundo e apenas 20 mil no Brasil. O CD marca também uma virada: Cyndi começou a fazer muito sucesso no Japão, onde até hoje é considerada a melhor cantora do mundo, sendo mais famosa que muitos dos que tocam nos Estados Unidos.

Em 1994 foi lançada a coletânea de sucessos de sua carreira: “Twelve Deadly Cyns…And Then Some”. Além dos singles, foram incluídas as inéditas “Come on Home” e “Hey Now (Girls Just Wanna Have Fun)”, esta última uma regravação de “Girls Just Want To Have Fun” que marcou a volta de Cyndi Lauper ao seu estilo “Unusual”. Cyndi Lauper apareceu no clipe do “Hey Now” com o cabelo amarelo e um chapéu vermelho, ao lado de inúmeras ‘Drag Queens’). A coletânea vendeu bem, e “Hey Now”, lançada como single, foi bastante executada nas rádios. A música também foi tema do filme “Para Wong Foo, Obrigada por Tudo! Julie Newmar”.

Cyndi Lauper - DivulgaçãoEm 1995 Cyndi participou de alguns episódios do seriado “Mad About You”, a sua excelente atuação lhe rendeu um prêmio Emmy. O álbum que recolocou Cyndi Lauper nas paradas de sucesso mundiais. Mais de 7 milhões de cópias foram vendidas, e o disco se tornou o seu álbum mais vendido no Brasil: 500 mil cópias (disco de platina duplo). Só na Inglaterra foram 600 mil cópias (2x platina), e outras 500 mil (2x platina duplo) no Japão.

Em 1995 Cyndi é reconhecida e depois de duas indicações ganha o Emmy de melhor atriz por sua participação no seriado “Mad About You”, no Brasil chamado de “Louco Por Você”.

Passados dois anos, Cyndi Lauper lançou em dezembro de 1996 seu quinto álbum, “Sisters Of Avalon”. Neste trabalho, Cyndi flerta com novas influências e estilos musicais, passando pelo Rock, Dance, Folk, Jazz e até World Music. Novamente as composições são todas assinadas por Cyndi Lauper, e a produção também fica por conta de Cyndi Lauper, Jan Pulsford e William Wittman. Mesmo sendo um trabalho excelente e inovador, ele não emplacou, pois a vendagem foi baixa, e não chegou a ter alguma música de sucesso. A única música a ser tocada, e pouco, nas estações de rádio, foi “You Don’t Know”.

Suas brigas com a gravadora Sony Music foram noticiadas e a Sony mau divulgou o album. A música foi um sucesso nos clubes, em sua versão ‘remix’. Em 1997, Cyndi anunciou sua gravidez, e mesmo estando grávida, saiu em turnê juntamente com Tina Turner. No mesmo ano nasceu Declyn Wallace Lauper Thornthon, seu único filho.

Em 1998 Cyndi Lauper lançou o álbum natalino “Merry Christmas… Have A Nice Life”, que traz, além de clássicos natalinos como S”ilent night e Rockin’ around the chistmas tree”, também apresenta músicas da autoria de Cyndi Lauper, tais como “December Child” e uma canção de ninar feita para seu filho, Declyn. Este foi o último álbum de Cyndi Lauper pela Epic Records, subsidiária da Sony Music, e após uma intensa divergência entre artista e gravadora que se iniciou no começo da década de 90, o contrato de Cyndi com a Sony Music chegava ao fim. No ano seguinte, Cyndi Lauper participou do filme “Os Oportunistas”, onde contracenou com o ator Christopher Walken. No mesmo ano, ela lançou o single “Disco Inferno”, pela Jellybean Records, que fez parte da trilha sonora do filme “Os Estragos de Sábado à Noite”, e lhe rendeu uma indicação ao Grammy de 1998. A música conquistou o oitavo lugar na parada dance da Billboard.

Em 2000, Cyndi Lauper compôs a música “I Want a Mom That Will Last Forever” para a trilha sonora do filme “Os Anjinhos em Paris”. No ano seguinte estava tudo pronto para o lançamento do novo álbum de Cyndi Lauper, “Shine”, que sairia pela Edel Records, quando os ataques terroristas de 11 de setembro fizeram com que o lançamento do álbum fosse adiado, sem data prevista para um lançamento futuro.

Em 2002 após Shine ser cancelado, Cyndi Lauper resolveu lançar um EP com quatro faixas extraídas do álbum não-lançado: “Shine”, “It´s Hard To Be Me”,Cyndi Lauper - Divulgação “Madonna Whore” e “Water’s Edge” e mais uma versão remix de “Shine”. O EP foi lançado pela Oglio Records e pela Rella Music. Nesse mesmo ano Cyndi Lauper saiu então em turnê juntamente com a cantora Cher e sua “Farewell Tour”. As vendas mundiais do EP ultrapassaram as 400 mil cópias, sendo 100 mil apenas nos Estados Unidos. “Shine” chegou a ficar em primeiro lugar nos Estados Unidos e é hoje seu grande classico recente. O EP foi suficiente para que ela voltasse a gravadora com acordo milionario, depois de um disputa entre Sony e BMG.

No início do ano de 2003 foi lançado o single “Shine Remixes”. No mesmo ano, Cyndi voltou para a “Sony Music”, e em novembro lançou “At Last”, um álbum apenas de releituras de clássicos da música. Estão nele “Don’t Let me Be Misunderstood”, “Walk on by”, “If you go away” e até “La vie en rose”. O álbum foi super bem aceito, e estreou em 38° lugar na Billboard, posição, aliás, muito boa se levado em conta as estréias dos últimos álbuns de Cyndi Lauper. A última melhor posição foi de “A Night To Remember”, em 1989.

Pelos arranjos da música “Unchained Melody”, Cyndi Lauper recebeu uma indicação ao Grammy. No fim do ano, Cyndi Lauper iniciou nos EUA a “At Last Tour”, turnê que passou pela Europa, Canadá, Japão e Austrália. “At Last” vendeu 1,5 milhão de cópias e recebeu disco de ouro na Austrália e Japão.

Em 11 de março de 2004 foi gravado na clássica casa de shows “Town Hall”, em Nova York, o DVD “Live… At Last”. Numa apresentação impecável, Cyndi Lauper interpretou seus maiores sucessos e músicas do álbum “At Last”. Ao lado de Patti LaBelle e Debbie Harry, a cantora participou do “VH1 Divas Live”, em Las Vegas, evento promovido anualmente pelo canal americano VH1;

Cyndi Lauper lançou em novembro de 2005 o álbum “The Body Acoustic”. Um álbum de releituras, só que desta vez, acompanhado de grandes nomes da música: dele participam “Sarah McLachlan”, “Ani DiFranco”, “Shaggy” e “Adam Lazzara”, entre outros. Ela regravou em versão acústica seus maiores sucessos, e as inéditas do álbum foram “I’ll Be your River” e “Above the Clouds”. O álbum vendeu 600 mil cópias.

Cyndi Lauper - DivulgaçãoEm 2006 Cyndi participou do espetáculo da Broadway “The Threepenny Opera” (A Ópera dos Três Vinténs), ao lado de Alan Cumming, Jim Dale, Anna Gasteyer e Nellie McKay. Ela interpretou a prostituta Jenny, papel que lhe rendeu grande destaque e indicação ao “Tony Awards”.

Em 2007, sai em turnê pelos EUA com a “True Colors Tour”, tendo como objetivo a arrecadação de fundos para a “The Human Rights Campaign”, uma ONG que defende os direitos dos homossexuais. Ao total são 15 shows e ela conta com colaboração de Erasure, Debbie Harry, The Dresden Dolls, The Gossip and Misshapes, Margaret Cho & Rufus Wainright. A parceria com o Erasure em 2007 rende ainda a gravação da faixa dueto “Early Bird”, lançada no EP do duo inglês intitulado “Storm Chaser”, lançado nos Estados Unidos pela gravadora Mute.

Em 2008, Cyndi Lauper lança seu novo album de material inédito: “Bring Ya To The Brink”, em parceria com os melhores produtores de dance music.

Ainda em 2008, Cyndi Lauper alcança o 1° lugar nas paradas do Brasil, Estados Unidos e Espanha com “Into The Nightlife”, “Same Ol’ History” nos Estados Unidos e “Set Your Heart” no Japão.


Cindy Lauper


▪ Cynthia Ann Stephanie Lauper Thornton nasceu em Nova Iorque no dia 22 de junho de 1953 e hoje está com incríveis 55 anos de idade. Cyndi Lauper é uma cantora ícone dos anos 80 em todo o mundo. Em 25 anos de carreira, Cyndi Lauper já vendeu aproximadamente mais de 65 milhões de discos mundo à fora.  ▪ O primeiro álbum de Cyndi Lauper foi com a Banda Blue Angel no ano de 1980, porém a banda logo se desfez e Cyndi partiu para a carreira solo, em 1983. Neste ano nascia definitivamente Cyndi Lauper como hoje nós conhecemos. Ela se lançou com o Álbum: She’s So Unsual. O álbum vendeu 300 mil cópias no Brasil e 16 milhões no resto do mundo. Cyndi Lauper fez um tremendo sucesso com este álbum que é até hoje o mais vendido de sua carreira. O seu primeiro Single, “Girls Just Want To Have Fun” logo atingiu o topo das paradas chegando a se tornar um hino da geração MTV nos Estados Unidos. Já o single: “Time After Time” foi quem realmente levou Cyndi Lauper ao topo das paradas dos Estados Unidos, Japão e Londres e logo em seguida vieram “She Bop”, música sobre masturbação feminina, o que é até hoje muito polêmico em muitos lugares, inclusive no Brasil, “All Through The Night” e “Money Changes Everything” que conta sobre o dinheiro, seu poder e o poder que nele é investido. Cyndi Lauper passou então à ser conhecida no mundo inteiro e seus video clipes sempre muito bem feitos para a época era exibidos demasiadamente nas TVs americanas, suas músicas nos rádios do mundo todo, enquanto seu estilo nada convencional “Unsual” era copiado por adolescentes da época que, até hoje, continua sendo copiado. Todo esse sucesso lhe rendeu o Grammy de 1984, na categoria “melhor cantora revelação”. Foi a primeira cantora do mundo a emplacar 5 hits na parada da Billboard, isso foi e é um feito histórico, pois desbancou cantoras como Madonna e Tina Tuner.

Cindy Lauper

▪ Cynthia Ann Stephanie Lauper Thornton nasceu em Nova Iorque no dia 22 de junho de 1953 e hoje está com incríveis 55 anos de idade. Cyndi Lauper é uma cantora ícone dos anos 80 em todo o mundo. Em 25 anos de carreira, Cyndi Lauper já vendeu aproximadamente mais de 65 milhões de discos mundo à fora. ▪ O primeiro álbum de Cyndi Lauper foi com a Banda Blue Angel no ano de 1980, porém a banda logo se desfez e Cyndi partiu para a carreira solo, em 1983. Neste ano nascia definitivamente Cyndi Lauper como hoje nós conhecemos. Ela se lançou com o Álbum: She’s So Unsual. O álbum vendeu 300 mil cópias no Brasil e 16 milhões no resto do mundo. Cyndi Lauper fez um tremendo sucesso com este álbum que é até hoje o mais vendido de sua carreira. O seu primeiro Single, “Girls Just Want To Have Fun” logo atingiu o topo das paradas chegando a se tornar um hino da geração MTV nos Estados Unidos. Já o single: “Time After Time” foi quem realmente levou Cyndi Lauper ao topo das paradas dos Estados Unidos, Japão e Londres e logo em seguida vieram “She Bop”, música sobre masturbação feminina, o que é até hoje muito polêmico em muitos lugares, inclusive no Brasil, “All Through The Night” e “Money Changes Everything” que conta sobre o dinheiro, seu poder e o poder que nele é investido. Cyndi Lauper passou então à ser conhecida no mundo inteiro e seus video clipes sempre muito bem feitos para a época era exibidos demasiadamente nas TVs americanas, suas músicas nos rádios do mundo todo, enquanto seu estilo nada convencional “Unsual” era copiado por adolescentes da época que, até hoje, continua sendo copiado. Todo esse sucesso lhe rendeu o Grammy de 1984, na categoria “melhor cantora revelação”. Foi a primeira cantora do mundo a emplacar 5 hits na parada da Billboard, isso foi e é um feito histórico, pois desbancou cantoras como Madonna e Tina Tuner.